O Sistema financeiro e o endividamento das mulheres

1 View

Lançamento do Ebook

Terça-feira, 16/06 às 17:30

link para assistir ao debate

Livro disponível para download aquí

 

📌 O que é o extrativismo financeiro?

📌 Como o crescente endividamento popular é parte dessa expansão da fronteira de lucro hiperneoliberal?

📌 De que forma isso se conecta com a ilegalidade?

📌 E por que as mulheres, em particular, vêm sendo um forte alvo do endividamento nas populações?

 

🎯 Para esmiuçar essas questões é preciso visitar as lutas, ações e táticas de vida de quem vivencia e resiste na cotidianidade às ofensivas do sistema financeiro em ação.

🎯 Na tentativa de compreender mais profundamente essas questões, o I. Equit lança online a publicação «O Sistema Financeiro e o Endividamento das Mulheres», e conta com a participação das autoras/es para debater ao vivo as temáticas.

Debate com as/os autores Verónica Gago (AR), Luci Cavallero (AR), Lili Carvalho, Paula Sarno, Tatiana Oliveira e Fernando Amorim

Moderaçao: Graciela Rodríguez

👇🏽👇🏽

Terça-feira, 16/06 às 17:30

https://www.youtube.com/institutoequit

 

O LIVRO

DESCARGAR EL LIBRO

De uns tempos pra cá, fala-se muito da “financeirização da vida”.  Mas o que isso significa?

📌 No livro “O sistema financeiro e o endividamento das mulheres” abordamos o assunto desde a perspectiva da economia feminista.

📌 Nosso objetivo é chamar a atenção para o modo como o capitalismo, na sua forma contemporânea, produz a expropriação financeira da sociedade e das mulheres em particular.

📌 O neoliberalismo avança sobre a esfera da reprodução social, estimulando o endividamento das famílias, que são cada vez mais chamadas a arcar sozinhas com o custo e as responsabilidades pela manutenção da vida.

📌 Na publicação, mostramos que estamos testemunhando uma transformação na lógica do endividamento público e privado.

Em um contexto de limitação dos gastos com políticas sociais, as mulheres, muitas delas chefas-de-família, vêm ocupando o lugar de garantia dos mínimos necessários para a sobrevivência das suas famílias. Os impactos sobre a captura financeira das políticas sociais, do acesso privatizado aos serviços públicos, do disciplinamento do mercado de trabalho são alguns deles.

📌 Correlacionar a ampliação recente do sistema financeiro com sua expansão ao interior da sociedade, e, em particular, com a perspectiva de endividamento das mulheres, nos permitirá lançar luzes sobre a desigualdade social e as novas maneiras da exploração do trabalho com base numa perspectiva de gênero.

📌 Também contribui para analisar suas correlações com um novo tipo de sociedades precarizadas, e ao mesmo tempo autoritárias, que vêm sendo formatadas.

No comments

La Red de Género y Comercio reúne a mujeres latinoamericanas interesadas en investigar y difundir los efectos diferenciales de las políticas económicas y los acuerdos comerciales, y los intereses que motorizan las corporaciones transnacionales y otros actores económicos y sociales en la región.

Envianos un Mensaje